quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Ar da roça, na cidade

Uma vez li uma frase (não me lembro de quem) que falava
"a gente sai da roça, mas a roça nunca sai da gente".
Ok, sou nascida e criada numa cidade grande, mas meus pais e avós eram da roça e foi na roça que eu passei todas as minhas férias de infância, era pra roça que a gente ia quase todo final de semana... bons tempos.

Daquela época, ficaram em mim algumas lembranças, a maioria de cozinha.
Juro que ainda vou morar numa chácara, tenho altos planos pra uma cozinha caipira, mas qualquer um pode ter um pouquinho dessa cozinha da roça em casa.  Vejam que lindos paneleiros:










E (suspiro) desses que não se acha mais:

Não são lindos demais?

E vc? tem lembranças de cozinhas da roça?


Um comentário:

Sonia disse...

Adorei as galinhas d'Angola e as panelinhas de ágata penduradas - lembranças da infância.