sexta-feira, 15 de abril de 2011

Côco verde, côco da Bahia...

Vc sabia que, na natureza, aquele côco delicioso que vc toma pra se refrescar,
demora 10 anos para se decompor???
 

Felizmente ele já é bastante usado em reciclagem (imaginem as montanhas de casca de côco vindas de uma só praia, após um FDS prolongado?). Os principais usos da casca de coco são: o substrato agrícola (pó de coco, de grande aceitação na Europa para uso em estufas), fibras (usadas na confecção de solados de sapatos; encostos e bancos de veículos; misturas asfálticas; vasos, placas e bastões para plantas e artesanatos diversos); cobertura morta para a agricultura; fonte alternativa de energia (briquetes – pequenas toras compactadas do resíduo com alto poder calorífico – que seriam considerados “carvão ecológico” substituindo óleo combustível e madeira em fornalhas, lareiras etc; líquido da casca do coco verde (LCCV), gerado com a prensagem do coco que tem potencial farmacológico, na fabricação de adesivos, como fertilizante e na geração de biogás.

Mas é claro que a gente ia achar ideias muito lindas e práticas para aquele coquinho que muito de vez em qdo vem parar nas nossas mãos.
Vejam isso:

É um vaso com cachepô, perfeito para suas plantinhas,
e você pode ousar nos formatos, cortando e encaixando.


As orquídeas o amam!  Quanto mais velho e seco, melhor.


Faz bonito à mesa 




Pense nisso antes de jogar o seu no lixo :)


Um comentário:

Anônimo disse...

Muito mesmo.
Eu mesma fiz um orquidário.
vale a pena conferir este grande incentivo para a natureza.